Creche comunitária que atende crianças de famílias carentes pede socorro ao Município




Localizada na rua Xangri-Lá, Bairro Cidade Nova, uma das regiões mais carentes de Porto Velho, na zona Sul da cidade, a creche comunitária INFÂNCIA COLORIDA da AVASC-Associação de Voluntários das Ações Sócio Cristãs, uma associação de moradores sem fins lucrativos, pede socorro ao Município de Porto Velho. 

Fundada por voluntários evangélicos com a ajuda de lideranças da própria comunidade, a creche atende atualmente a 29 crianças menores de 6 anos. A creche não é de ensino e atende mães carentes que precisam trabalhar, mas não tem onde deixar o filho. 

Segundo a presidente da AVASC, Maristela Coelho, a deficiência na estrutura da creche impede que outras mães possam ter atendimento."Temos 77 crianças cadastradas pela comunidade, mas só 29 são atendidas. Não temos espaço para atender a todas elas", disse Maristela. 

Atualmente, o local também dá aula de reforço a crianças entre 8 e 9 anos que nunca entraram numa sala de aula. A associação já se cadastrou junto ao Conselho Municipal de Educação para poder receber ajuda do Município, mas até agora não obteve registro. 

"Nossa associação também desenvolve outras atividades com as mães carentes. Temos conseguido êxito em retirar vários adolescentes do mundo do crime, mas sem apoio nosso esforço é pouco. Precisamos que o Município olhe por esta comunidade. Essas famílias precisam de dignidade e cidadania", comentou Maristela


Maristela - Diretora da AVASC
Fone:  069 9 9373-0883